© 2020. NUTRIDAS. Todos os direitos reservados.
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Ceia de Natal: 5 dicas para não exagerar

O Natal está chegando é hora de celebrar a vida. E nada melhor que reunir os amigos e a família em volta de uma mesa farta cheia de comidas e bebidas.


Mas, e quem está de dieta como resistir a tantas tentações? Bom, nesse caso só há duas alternativas: comer à vontade ou se controlar para manter a forma.

Ceia de Natal: 5 dicas para não exagerar

A escolha é sua.


Porém, eu vou te mostrar que a segunda opção é sempre a melhor, principalmente, se você já mantém uma alimentação saudável o ano todo.


Continue lendo....


O Natal é um momento de celebração, mas você não precisa exagerar na comida, nem na bebida. Têm pessoas que esperam o ano todo só para “enfiar o pé na jaca” nas festas natalinas.


É preciso ter consciência que toda a comilança começa desde o início de dezembro com as festas de confraternizações, e não termina na noite de Natal.


Até porque tem o dia seguinte, a semana inteira, depois vem o Réveillon.


E aí já viu né, se a pessoa não tiver disciplina e planejamento vai entrar 2020 se sentindo culpada.


Ok, mas como resistir a tantas delícias como: panetone, rabanada, tender, chester, pernil, lombo, salpicão, farofa de bacon, salada de batata, tortas e doces.


Hum, difícil né? Mas você não precisa passar vontade dá para comer um pouquinho de cada, sempre com moderação.


O problema é ver todas essas variedades na mesa e exagerar.


Para te ajudar separei algumas dicas para você não extrapolar na ceia de Natal, confira:


1- Mantenha uma alimentação equilibrada o dia todo

Assim que acordar tome um bom café da manhã. Consuma frutas, iogurte desnatado.

Tapioca ou pão integral junto com uma proteína pode ser queijo branco, ovo, atum ou frango grelhado.


Isso vai te ajudar a começar o dia bem e se preparar para a ceia de Natal, e nada de ficar em jejum, hein!


2- Opte pelos alimentos mais saudáveis

Antes de se servir observe a mesa e escolha opções menos calóricas: peru, lombo, chester sem a pele, arroz, oleaginosas e frutas secas.


E por falar em peru, umas das proteínas que não pode faltar na ceia de Natal, vou te ensinar alguns truques para deixar ele ainda mais saudável.


A dica é investir em temperos caseiros no preparo: orégano, tomilho, limão, azeite, manjericão e alecrim.


Evite os temperos industrializados eles contêm muito sódio na composição. Fazem mal à saúde e ainda são calóricos.


E para acompanhar o peru, que tal arroz integral com amêndoas e uva passa (se não gostar, não coloque).


Outra sugestão que dá certo é começar sempre pela a salada que ajuda a dar saciedade, e por fim, coloque apenas o suficiente e não repita o prato.


3- Evite porções calóricas

Queijos amarelos tipo reino, prato e parmesão são ricos em sódio e gorduras, portanto, se possível evite. E se for comer, não exagere.


Outra comida que é presença na ceia do Natal, é o panetone. Mas ele também é bem calórico, se você não resistir, coma apenas uma fatia pequena.

Panetone faz parte da ceia de Natal

E o salpicão? Ah, quem resiste, eu adoro. Mas é preciso ter bom senso ao consumir porque na receita tradicional leva maionese.


Há pessoas que usam no preparo também creme de leite e requeijão.


Uma dica bacana se você for fazer em casa, no lugar da maionese, opte pelo iogurte desnatado sem sabor, também fica gostoso, e é mais saudável.


Vou compartilhar uma receita de salpicão que eu adoro, que mistura doce com salgado:


Ingredientes

· 1 xícara de chá de abacaxi picado;

· 1 xícara de chá de peito de frango cozido e desfiado;

· 1 xicara de chá de peito de peru defumado picado;

· 1 xícara de chá de cebolinha picada;

· 1 xícara de cebola média picada;

· 6 colheres de sopa de iogurte light (sem sabor);

· 1 maço de alface americana picada ou cortada em tiras;

· 1 colher de sopa de molho de mostarda;

· Sal e azeite a gosto;

· Suco de 1 limão.


Modo de preparo

Misture tudo em uma tigela, mexa bem para ficar homogêneo. Depois, coloque o salpicão em cima da alface em um prato que irá se servir.


E derrame por cima um molho feito com o suco de limão e a mostarda, temperando com sal e azeite.


E está pronto um salpicão delicioso e com poucas calorias. Vale a pena experimentar.

Outro clássico das festas de final de ano é a farofa, aqui no Nordeste nós amamos.

Mas ela se torna muito calórica porque a maioria das pessoas acrescentam linguiça, bacon e manteiga no preparo.

Portanto, coma sempre com moderação. E se você for preparar em casa, opte por peru defumado, ovo e carne assada no lugar dos embutidos.


4- Fuja dos refrigerantes

Há pessoas que passam o ano inteiro focada sem tomar nenhum refrigerante, mas é só chegar o Natal e o Réveillon, que exageram na bebida.


Existem tantas outras opções, para que tomar algo que só faz mal à saúde. E se for beber, tenha bom senso, dois copinhos no máximo não vai fazer mal.


Não sabote sua saúde por algo que não vale a pena.


A mesma regra vale para os sucos de caixinha, opte pelos sucos naturais, pode ser uva integral (orgânica).


Água de coco e chás gelados: hibisco, mate, limão, hortelã e abacaxi.


Não tenha vergonha de ir para a festa e levar sua própria bebida, isso não é falta de educação, é um hábito saudável.


Já em relação ao álcool, vale a mesma dica, beba com moderação.


5- Não deixe de fazer exercícios

Escolha horários flexíveis para praticar alguma atividade física, pois esse hábito ajuda a manter a forma e controlar as calorias que você irá consumir nas festas.

Feliz Natal e um Ano Novo repleto de muita saúde. E se você gostou deste post, então, compartilha.