© 2020. NUTRIDAS. Todos os direitos reservados.
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Como evitar a flacidez e ganhar músculos

Com ao passar dos anos perdemos massa muscular, força e desempenho físico.

Há quem ache que os músculos estão apenas relacionados à estética, mas vai além disso.


A perda muscular pode gerar uma série de complicações para a saúde, e um dos problemas que mais atingem as pessoas ao envelhecer, é a sarcopenia – perda muscular.

Como evitar a flacidez e ganhar músculos

Por volta dos 30 anos por exemplo, o corpo naturalmente vai perdendo massa muscular, por isso, é fundamental praticar atividade física e ter uma alimentação equilibrada para frear os efeitos da sarcopenia.


Ou seja, na medida que envelhecemos se não praticamos exercícios a pele vai ficando flácida e os músculos vão sumindo.


Começa com um perda discreta, e a partir dos 40 anos fica mais evidente.

E uma coisa é fato ninguém escapa disso, principalmente, as mulheres, já que temos menos massa muscular do que os homens.


A sarcopenia precisa ser evitada, pois pode surgir complicações ao longo prazo como: dificuldade para abaixar, sentar, levantar, subir e descer uma escada, além da flacidez podem evoluir para riscos maiores como quedas e fraturas.


Então, não pense que os músculos são apenas para deixar o seu corpo mais bonito, eles também são importantes para a sua saúde.


A boa notícia é que dá para prevenir, e a primeira coisa a fazer é não deixar a idade avançar para se cuidar. Ter consciência e refletir como você quer está daqui há alguns anos, bem é claro e, sobretudo, saudável.


Entender que nunca é tarde para começar, até porque nosso corpo tem memória e tudo que é feito no presente irá impactar no futuro.


A palavra de ordem é se mexer sempre, e o pilates ou a musculação ajudam a formar e preservar a massa magra.


O ideal é praticar atividade todos os dias, de segunda a sexta ou pelo menos três vezes por semana. E não espere perder massa muscular para começar os exercícios, isso é um trabalho de prevenção.


Busque ajuda de profissionais (nutricionistas, médicos, educadores físicos e fisioterapeutas) eles iram te auxiliar como se alimentar de forma saudável, indicar quais os melhores suplementos, os exercícios ideais e os exames específicos para checar como estar sua saúde.


Uma coisa é fato o sedentarismo e a má alimentação são fatores que acabam com a musculatura, pois um está relacionado ao outro.


O músculo precisa ser sempre estimulado, não nascemos para ficar parada, já a dieta tem que ser balanceada com proteína magras, carboidratos complexos, legumes e frutas.


Estilo de vida também conta muito, por isso é essencial moderar nas bebidas alcoólicas, eliminar o cigarro, dormir bem e evitar remédios à base de hormônios – pois eles enfraquecem a musculatura.


Pilates ou musculação?

Se for possível faça os dois. As duas modalidades são excelentes e ambas se completam. O pilates é um método que tem como foco trabalhar toda a musculatura do corpo de uma só vez.


Além de trazer para o aluno, equilíbrio, postura, concentração, flexibilidade, força e consciência corporal.


Já a musculação o trabalho é realizado em músculos específicos, se o interesse do praticante é ganhar massa muscular, os resultados são mais rápidos do que o pilates, pois o método leva mais tempo para os músculos se desenvolverem.


Na musculação também promove resistência muscular, hipertrofia, agilidade e força. As aulas são baseadas em fichas, no qual o instrutor passa seguindo os critérios que o aluno deseja.


As vantagens do pilates para quem pratica a musculação é que ele: corrige vícios posturais, preveni lesões, melhora a consciência corporal e ajuda na respiração. Com isso, a pessoa terá um corpo mais firme e resistente.


As aulas de pilates são super dinâmicas, cada dia é um exercício diferente, na sala só é permitido no máximo 4 alunos para poder o profissional dá atenção a todos.


Por que fazer musculação? Vou te dá 5 motivos.


1- Auxilia na redução de peso e na diminuição das taxas sanguíneas;


2- Melhora o sistema cardiovascular;


3- Fortalece músculos, tendões, articulações e ossos;


4- Ajuda a diminuir a insônia e melhora o bem-estar físico e mental;


5- Evita doenças crônicas.


Por que fazer o pilates? Confira 7 razões.


1- Ele ajuda na postura, evitando dores na coluna;


2- Aumenta a resistência muscular e contribui com o aumento da flexibilidade;


3- Melhora a ansiedade, contribui para a concentração, memória e o raciocínio;


4- Promove um corpo mais tonificado;


5- Ajuda a melhorar o sistema respiratório;


6- Corrige e preveni lesões;


7- Fortalece ossos, músculos, abdômen e o sistema pélvico.


Viu quantas qualidades as duas modalidades têm? Então, se você está na dúvida entre uma e outra, o meu conselho é faça as duas, se não for possível escolha uma que mais se identifique. E comece, sua saúde agradece e os seus músculos também.

Gostou deste post? Então, compartilha.