Como mudar os hábitos alimentares

Você quer mudar seus hábitos alimentares de maneira prática, ter uma vida mais saudável e continuar comendo comida gostosa?

Mude seus hábitos alimentares comendo com prazer

Se a sua resposta foi sim, este post é para você. Continue lendo que eu vou te ensinar dicas que vão te ajudar a mudar a sua alimentação.


Mas antes deixa eu te explicar porque às vezes é tão difícil mudar um hábito. Já parou para pensar nisso?


Mudar nunca é fácil, seja lá o que for, mudar de emprego, de casa, de relacionamento, enfim. Mas um dos grandes motivos que faz as pessoas criar tanta resistência em querer mudar, é a falta de comprometimento.


Ou seja, assumir o compromisso com você mesma. A pessoa sabe que tem um problema, mas simplesmente ignora, deixa para lá.


E o tempo vai passando, passando e a pessoa não toma uma atitude para mudar.

Já quando nos comprometemos em mudar algo seja lá o que for, movemos céus e terra para melhorar.


Sabe por quê? Porque temos clareza daquilo que realmente queremos. Outro motivo que faz as pessoas não mudar os hábitos, é ignorar o processo.


Se você quer mudar sua alimentação e ter uma vida mais saudável é um projeto. Mas antes de alcançar o objetivo você precisa passar pelo o processo.


Como assim Poliana? Calma, vou te explicar. Mudar um hábito eu já falei que não é simples, mas é possível.


É preciso passar por algumas etapas no dia a dia. E isso será sempre aos poucos ok. A palavra-chave é constância é ela que vai te ajudar a criar um hábito.


Por exemplo, eu não bebia água com frequência, esquecia ou então só tomava quando tinha sede.


Vivia com a boca seca e com dor de cabeça direto, era um horror.

Sabia da importância de tomar água, mas simplesmente ignorava.


Até que os meus olhos começaram a ficar seco, fui ao oftalmologista e para minha surpresa o médico me perguntou: “Você toma pouca água?”


Eu fiquei parada olhando para o médico, e na hora eu pensei será que errei a consulta?

Mas respondi: “Sim, tomo pouca água”, quando eu falei isso ele disse estar explicado.


Me passou um colírio lubrificante para usar todos os dias e pediu para eu tomar mais água.


Depois desse dia a água é minha companheira fiel, onde eu for levo minha garrafinha. Viu, já surgiu um hábito na minha vida.


E para me policiar ainda mais, crie um segundo hábito, assim que eu acordo todos os dias, faça chuva ou faça sol eu tomo um copão com água.


Resultado: nunca mais meus olhos ficaram secos.


Estou compartilhando essa história com você para te falar não só o quanto tomar água faz bem para a saúde.


Mas como adquirimos um hábito no dia a dia, às vezes surge pelo amor ou pela dor feito foi o meu caso.


Vivia com dor de cabeça, os olhos ardendo só porque eu não tomava água o suficiente.

É claro que nem sempre o olho seco tem a ver com falta de água no organismo.


Às vezes a pessoa pode ter algo mais sério nos olhos. Nesse caso tem que investigar.

Agora me responde quantos casos você não conhece de pessoas que mudaram os hábitos por causa de algum problema?


Nossa eu perdi até as contas de tanta gente que eu conheço.


E se você quer mudar os seus hábitos, eu estou aqui para te ajudar, mas acima de tudo para te informar o que você precisa fazer.


Sem formula mágica e sem tirar o prazer do que você gosta. Preparada?


Então, vamos. Tudo aqui que eu vou te explicar é baseado no equilíbrio e respeitando sempre o seu corpo.


Há quem ache que mudar um hábito alimentar é só fechar a boca e fazer exercícios.

Mas isso está longe de ser o ideal.


Em primeiro lugar você precisa mudar a forma como pensa. É um conjunto; corpo, mente e espirito.


Vamos as dicas:

1- Preste atenção no que está comendo

No dia a dia é muita correria: trabalho, estudo, filhos, casa, ufa! Por isso, manter uma alimentação saudável não é tão simples e fácil.


É nessas horas que precisamos nos organizar para não cair em ciladas e comer alimentos prontos.


2- Anote o que você vai comer

Planeje-se. Por exemplo, um dia antes saiba o que vai comer no café da manhã, no almoço e na janta.


Eu por exemplo:

  • Anoto pela manhã vou comer frutas, tapioca ou pão sem glúten, ovo cozido ou queijo;

  • No almoço: feijão, arroz, legumes e alguma proteína;

  • No lanche da tarde: fruta, vitamina ou oleaginosas;

  • Na janta: mandioca ou batata doce com alguma proteína (já cozinho um dia antes).

No começo eu entendo que não é fácil fazer essas anotações, leva um tempo para você se adaptar. Mas depois você pega o hábito, pode ter certeza.


6 dicas práticas para você emagrecer e não engordar nunca mais


3- Que toda mudança seja prazerosa

Muita gente não quer mudar os hábitos alimentares porque acha que vai comer só comida sem gosto. Pelo contrário, já foi o tempo.


Hoje em dia há diversas alternativas para comer comida gostosa e saudável.

É só fazer substituições e aos poucos você vai adaptando seu paladar.


Lá no Instagram do Nutridas (@nutridas) por exemplo, você vai encontrar um monte de receitas deliciosas e saudáveis. Vai lá, olha tudo, aproveita e me segue ok.


Quem não ama pizza, eu adoro. Mas como tenho alergia ao glúten tive que tirar do cardápio.


Mas quem disse que eu não como, atualmente faço pizza com diversas farinhas sem glúten, por exemplo, farinha de amêndoas e de arroz. Humm, e fica uma delícia.


4- Faça você mesmo sua comida

Prepare sempre o seu próprio alimento assim você consegue ter controle do sal e do açúcar.


5- Compre comida de verdade

Evite comprar alimentos industrializados, lembre-se aquilo que os olhos não vê o estomago não sente.


6- E por fim, se exercite

Escolha algo que você ama fazer, seja lá o que for: caminhada, corrida, vôlei, artes marciais, natação, dança, musculação, pilates, enfim, o que não falta são opções.


E se eu começar e falhar?

Pode acontecer, mas não fique pensando nisso se comprometa e aprecie o processo. E cada vitória comemore.


Mas mesmo assim se você desanimar, faltar motivação, bater a preguiça, chutar o balde e deixar para lá.


Achando que não vai conseguir, lembre-se isso é seu cérebro te sabotando não deixe ele dominar seus pensamentos.


Nosso cérebro é preguiçoso ele odeia mudanças, sabe o que ele mais gosta é ficar na zona de conforto. Com os velhos hábitos, para que mudar está bom assim. Só que não.


Mostre a ele quem manda é VOCÊ. A vida é sua, são suas escolhas e ninguém pode interferir. Claro que mudar um hábito não acontece do nada, a pessoa acorda e já muda.


Não é assim, se fosse fácil não existia tantas pessoas doentes por causa de maus hábitos. Mudar um hábito tem a ver com disciplina, propósito e comprometimento.


É uma decisão que só você pode fazer, mas fique tranquila eu estou aqui para te ajudar, conta comigo. E mesmo assim se você falhar, tudo bem, recomece. Só não desista, porque eu não vou desistir de você.

Gostou deste post? Então, compartilha, assine nossa newsletter

E fique por dentro de tudo que acontece no blog: dicas, receitas, notícias e lançamentos. É de graça!

 © 2020. NUTRIDAS. Todos os direitos reservados.
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram