• Wix Facebook page
  • Wix Twitter page

Síndrome do mundo moderno

23.06.2017

Vivemos em um mundo moderno, hoje em dia você não precisa mais sair de casa para comer, comprar roupas, móveis, livros, entre outras coisas, basta apenas ter acesso à internet. E com todos essa praticidade, há alguns riscos à saúde. O Nutridas separou algumas dicas de como se proteger dessas armadilhas, confira: 

Escrava do celular
Você até consegue sair de casa sem brinco, bolsa ou maquiagem, mas jamais sem o celular, e quando esquece entra em pânico, sofre de ansiedade e fica estressada. Se essa é sua realidade é preciso ter cautela diante do aparelho. Sabia que existe até fobia relacionado a isso, chama-se nomofobia, o termo se refere a uma nova patologia associada a doenças digitais, no qual a pessoa fica com medo de ficar sem o celular.

 

Uma pesquisa feita no Reino Unido com 2 mil pessoas revelou que 53% delas ficam ansiosas quando a bateria do celular acaba. Outro estudo mostrou que não estar com o aparelho deixa os indivíduos mais estressados que o termino do namoro, pode parecer loucura, mas não é. Por aqui, os números ainda são tímidos. Porém, os especialistas citam que no Brasil têm mais celulares do que pessoas. Um dos sintomas é o uso constante, no trabalho, no banheiro, na hora de dormir. Ou seja, em todos os momentos da vida, a pessoa simplesmente não larga o aparelho. Para não sofrer de falta de concentração, insônia, ansiedade e estresse crônico, além dos efeitos da radiação provocada pelo celular é preciso ter equilíbrio.

 

Como se cuidar

  • Hora de dormir é sagrada, portanto, desligue o celular.

  • Reserve algumas horas para usar, evite utilizar o aparelho no trabalho, faculdade ou curso. Assim como dormir é sagrado, estudar também é.

  • Não utilize o celular no elevador e nem nos postos de gasolina. Segundo os especialistas é perigoso, por conta da radiação.

  • Evite ficar horas na mesma posição e digitando. Você pode desenvolver no futuro uma tendinite tanto nos dedos quanto nos pulsos e cotovelos. Além de dores na cervical e lombar.

 

Refém do ar condicionado

Já percebeu que os shoppings ficam lotados no verão? Tem uma explicação para isso e não tem nada a ver com compras. As pessoas simplesmente vão se refrescar no ar condicionado, ele é uma das saídas para os dias quentes. Porém, os especialistas afirmam que essa não deve ser a melhor solução, porque nesses locais existem uma baixa qualidade no ar, que favorece o aumento de doenças respiratórias. O que ocorre é que a falta de cuidado diários, como a limpeza dos aparelhos cria um ambiente propício; a fungos, germes e ácaros. Logo, quem sofre com alergia pode até piorar. 

 

Como se cuidar

  • Quando estiver em casa, não deixe o ar o tempo todo ligado

  • Limpe com frequência, para eliminar sujeira e poeira

  • Mantenha a temperatura sempre agradável, nada muito frio

  • No trabalho, tome bastante água para hidratar, as pessoas tem a tendência de não tomar líquido em ambientes frios, mas esse hábito pode fazer mal à saúde.

 

Vício por computador

Se você é daquelas que passa horas no computador, cuidado sua saúde pode está em risco. Isso porque a luz do monitor, afeta a melatonina (hormônio que atrai o sono). Ou seja, insônia na certa. Dormir é fundamental, pois restaura a energia, faz bem para a memória, concentração e o humor. Além disso, horas na frente do PC pode prejudicar os olhos, e surgir ao longo prazo problemas como: visão embaçada, irritação, coceira e fadiga visual.

 

Como se cuidar

  • Se você assim como eu trabalha muito tempo diante da tela, vá ao oftalmologista e peça para ele indicar um colírio lubrificante. Eles são excelentes e ajuda a evitar olho seco.

  • A cada hora de uso em frente ao monitor, dê uma pausa, feche os olhos sem apertar e abra.

  • Não esqueça de alongar, evite ficar muito tempo sentada para não forçar a lombar.

  • Quem é fã de jogos na internet, a dica é reserve algumas horas, nada de virar o dia jogando, pois esse hábito traz problemas sérios de saúde, como: tendinite, dores na coluna e problemas na cervical.

 

 

   

 

Please reload