• Wix Facebook page
  • Wix Twitter page

Os benefícios do mel

26.06.2018

O mel é considerado um dos alimentos mais saudáveis do mundo. Mas, grande parte das pessoas só lembra dele para tratar gripes e resfriados, porém,  o seu valor nutricional vai além dos problemas respiratórios. Na antiguidade o mel era visto como algo sagrado, já os judeus apreciavam e tratavam ele como símbolo de recomeço.

 

Foto: Pixabay 

Os egípcios, indianos e gregos acreditavam no poder da cura de algumas doenças através do mel. E não é à toa que o ingrediente ganhou adeptos em todo país por suas propriedades medicinais. O mel é um poderoso antibacteriano, porque suas características e componentes ajudam a hidratar e matar as bactérias.

 

Ele fortalece a imunidade, estimulando a produção de anticorpos e reduzindo os radicais livres. Então, mais um ponto positivo para o mel, que além de combater gripes e resfriados, ele também previne certos tumores. Já pessoas que tem prisão de ventre pode encontrar no mel um grande aliado, pois que ele regula a flora intestinal.

 

Quem aposta no alimento para adoçar sucos e café só tem a ganhar com as vantagens nutricionais. E vamos combinar que trocar o açúcar refinado pelo mel é uma troca muito inteligente. Além disso, o mel é menos calórico e mais saudável. 

 

Para quem está de dieta o produto proporciona maior saciedade, logo, evita picos de fome ao longo do dia. Entretanto, nada de exagero, não é porque o mel é bom que é preciso extrapolar no consumo. O ideal é utilizar o alimento no café da manhã ou no lanche da tarde. E os diabéticos podem consumir? Se o médico liberar tudo bem, mas antes é preciso verificar se a glicemia estar controlada. 

 

Como escolher o mel

Não se iluda, há muito mel falso por aí em feiras e supermercados. Portanto, é preciso ficar de olho, a primeira dica é verificar o SIF, selo do Ministério da Agricultura, lojas especializadas ou de produtos naturais são as mais confiáveis para comprar.

 

Mel não é tão barato, então cuidado com os preço baixos. Quando adquirir o produto observe se ele cristaliza, caso contrário não é mel puro. Potes de vidro são melhores do que os plásticos, pois preservam o sabor. Não guarde o mel na geladeira, mantenha em local seco. Se ele engrossar coloque em banho-maria.

 

Você pode incluir o mel:

 

  • Na torrada integral ou tapioca;

  • No iogurte natural;

  • Com granola ou frutas;

  • Em molhos para salada;

  • Nas vitaminas e sucos;

  • No café ou no chá;

  • Com queijos, peixes e carnes.

Artigos relacionados:

 

A dieta anticâncer

 

4 razões para abandonar o açúcar do cardápio

 

 

Please reload